Um dia, tudo fará sentido

3644
Fotografia @ Pixabay | Cartaz © Laura Almeida Azevedo

Por vezes, sentimo-nos tão perdidos, que até questões como «o que vou vestir?» ou «o que vai ser o almoço?» nos parecem decisões impossíveis de tomar. Outras vezes, os acontecimentos tomam proporções que nos soam tão avassaladoras, quanto assustadoras.

Há escolhas que a vida faz por nós: caminhos que não esperávamos percorrer, pessoas com quem não imaginaríamos que nos fossemos cruzar. Há dores que não queríamos sentir, sorrisos que não suspeitávamos que pudessem existir e partilhas tão ricas, quanto inesperadas.

Muitas vezes, sentimos que tudo é cinzento e que nada faz sentido. Que estamos a viver uma vida que não é a nossa. Nada parece estar no lugar certo.

Mas, por mais voltas que a vida dê, por mais que sinta que nada faz sentido, um dia tudo parecerá certo. E, nesse dia, eu vou saber que o que era para ser foi como tinha que ser.

Comments

comments

PARTILHAR
Artigo anteriorA noite de Natal
Próximo artigoGosto do mundo, da vida e gosto de mim!
DIANA ROSA, a viajante
Tem 34 anos. Trabalha na área financeira, mas não é isso que a move. A grande paixão — aquilo que a faz vibrar — são as viagens: pelo mundo e pela vida, descobrindo novos lugares, experiências e emoções. Gosta da natureza, de ler, de praticar yoga e de pessoas. Busca ser feliz e realizar sonhos. E este desafio é um passo, inesperado, dado nesse sentido.