Os meus olhos

1197
Fotografia © Pixabay | Cartaz © Laura Almeida Azevedo

Os meus olhos também te beijam sem te tocar. Também te sorriem. Também te mostram a tristeza que, por vezes, se abate sobre mim. Também choram sem lágrimas. Também dizem que te amo, que tive saudades, e o quanto és especial.

Os meus olhos dizem-te o melhor e o pior de mim. Contam-te os meus segredos e os meus medos. Dizem-te tudo sem proferir uma única palavra, se os olhares com o coração.

Olha-me, aqui e agora, pois o amanhã pode nunca chegar.

Comments

comments

PARTILHAR
Artigo anteriorO vento e o papagaio
Próximo artigoObrigada!
HELENA ISABEL, a misteriosa
Nasceu em dezembro de 1983. Diz-se uma «exploradora da vida». Gosta de ler, de escrever e de pintar. Não da pintura dos guaches e dos pincéis. Mas da pintura com as palavras. É apaixonada, irreverente e sensível a tudo o que a rodeia. Prefere um segundo de realismo a uma eternidade de sonhos.