Feliz agora!

1315
Fotografia © Pixabay | Cartaz © Laura Almeida Azevedo
Fotografia © Pixabay | Cartaz © Laura Almeida Azevedo

Já não existe o feliz para sempre.

Já não existe a pessoa perfeita.

Já não existe o amor perfeito.

Acredito que nunca existiu.

Fomos aprendendo a trocar o perfeito pelo verdadeiro. Fomos aprendendo a trocar o para sempre pelo agora. E com estas trocas vieram as inseguranças, que já lá estavam desde sempre, mas que agora estão mais presentes, mais vulneráveis, mais reais.

A insegurança de que não é um papel que agarra a outra pessoa. A insegurança de que não é um filho que agarra a outra pessoa. A insegurança de que não é o prometo que agarra a outra pessoa. A insegurança que de que não é uma palavra: namorado(a), marido, mulher que agarra a outra pessoa.

Agora, o que nos liga é a verdade. Agora, o que nos liga é o feliz agora. Agora, o que nos liga é a gargalhada genuína.

E, por vezes, é difícil lidar com isso.

Contudo, por vezes, são as nossas inseguranças, as nossas feridas emocionais que falam num relacionamento e, quando isso acontece, significa que estamos a falar através do nosso medo, que estamos a tomar decisões através do nosso medo, que estamos a agir através do nosso medo. E esta base nunca é sólida, nunca é real. É, sim, uma ausência de um sentimento mais puro, de um sentimento mais real, do amor.

Por isso, antes de qualquer decisão, antes de qualquer palavra, antes de qualquer escolha, sente se o lugar do qual falas é do medo ou do amor. Porque o primeiro é vazio, mas o segundo permite criar relacionamentos que têm verdade, com pessoas verdadeiras, com sentimentos autênticos.

Precisamos de mais pessoas que procuram não o feliz para sempre, mas o feliz agora.

Precisamos de mais pessoas que escolhem dar, mesmo sem saber se vão receber.

Precisamos de mais pessoas que escolhem amar em verdade, mesmo não sabendo se aquela é a pessoa certa.

Um beijo enorme e até já!

Comments

comments

PARTILHAR
Artigo anteriorPartir é a melhor escolha
Próximo artigoEu sou mais, muito mais, do que apenas um corpo
LÍGIA SILVA, a coach
Ela é autêntica, mulher e, acima de tudo, humana. Adora falar e escrever de coração para coração. Tem como principal paixão a descoberta da mente humana e adora que esta viagem seja feita com sentido de humor e com uma boa gargalhada. Acredita na simplicidade da vida e na possibilidade de cada um de nós fazermos aquilo que mais nos preenche.