Um amor consegue sobreviver

491
Cartaz © Laura Almeida Azevedo
Cartaz © Laura Almeida Azevedo

Não é fotografia. É um retrato, claro!

Foi feito, com saudades e amor, por um jovem militar apaixonado. Foi enviado e guardado, durante alguns anos, numa embalagem onde antes estiveram explosivos. Já lá vão quase 50 anos. Parece que foi ontem!

Hoje já não há essa guerra, já não há essas saudades. O amor, esse, continua vivo!

Mas nem tudo foram rosas sem espinhos. Os espinhos foram sendo arrancados. Ficaram as rosas que perfumam, embelezam e alegram.

Afinal, um amor consegue sobreviver, sim!

Comments

comments

PARTILHAR
Artigo anteriorEm directo (dia 6 de novembro)
Próximo artigoComo sabes, parti
MARIA REIS, a avó-sorrisos
Ela não é uma mulher rica. É, sim, uma rica mulher! É dona de um coração generoso, que já ultrapassou sofrimentos, mas também sabe muito sobre o amor. É sonhadora: os sonhos estão sempre lá e o seu percurso de vida foi-se construindo com a realização de muitos deles. Desafios? Sim, aceita-os com determinação e entusiasmo. E, como alguém disse, «às vezes, é uma caixinha de surpresas».