De que somos feitos?

1620
Fotografia © Wil Stewart | Cartaz © Laura Almeida Azevedo
Fotografia © Wil Stewart | Cartaz © Laura Almeida Azevedo

De que somos feitos?

Somos as lembranças, as memórias, as histórias que giram em nosso torno. Somos feitos de pedaços de gente com que nos vamos cruzando nesta caminhada que é chamada vida.

Somos os sonhos que se realizam e os que ficam por se concretizar.

Somos os desenhos que fazíamos quando éramos pequeninos. Somos aquele sol a sorrir, as nuvens em forma de algodão doce.

Somos feitos das pessoas que nos fazem sorrir, que nos fazem dar gargalhadas até doer a barriga, mas também somos feitos das pessoas que nos fazem chorar, que nos fazem brotar lágrimas e aprender com elas.

Somos feitos dos avisos feitos de amor e laços de ternura de uns pais que nos amam muito. Somos feitos da educação que nos deram, e daquilo que fizemos com ela.

Somos feitos dos estudos que fizemos, da matemática chata ou não, do pretérito perfeito ao imperfeito, passando pelo condicional.

Somos feitos do cheiro do lanche da casa da avó, que era uma delicia, do cheiro do bolo acabado de fazer no forno e do café com leite.

Somos feitos dos filmes que vemos, das músicas que ouvimos e dos livros que lemos.

Somos a história de alguém, o passado e o presente.

Somos feitos de uma bagagem que vai aumentando, cada vez mais, de tamanho a cada aprendizagem desta lição que chamamos vida.

Somos feitos dos erros, dos passos mal dados, dos dias de chuva e de trovoada.

Somos feitos de vitórias, de metas cumpridas, de medalhas ganhas para toda a vida.

Somos feitos de amigos, amigos para uma vida.

Somos feitos de tudo um pouco. Das coisas que vivem fora e dentro de nós. Daquilo que foi e daquilo que está por vir. Daquilo que é e do que não. Daquilo que queremos e do que não queremos na nossa vida.

Somos tão grandes como, de repente, somos tão pequenos.

A vida é um ápice. A vida é aquilo que a gente leva de melhor. Leva na bagagem aquilo que te permite ser melhor. Acrescenta o que há de bom à tua volta e dentro de ti.

Comments

comments

PARTILHAR
Artigo anteriorAinda bem que me ensinaste a amar novamente
Próximo artigoSolidão inquieta
SOFIA ALMEIDA, a professora
É feita de sonhos, de saudades, de amor. É feita de coragem, de abraços, de risos e de gargalhadas. É feita de bom humor e de algum mimo também. É feita de uns dias melhores e outros assim assim. É um pouco do que lê, do que vê, do que ama, do que guarda. É também um pouco daqueles que ama, daqueles que ouve, daqueles que estão aqui, bem dentro, no seu coração. É feita de algumas fraquezas, algumas conquistas, alguns desafios. É feita de um amanhã, de um hoje e de um ontem, que já passou, mas que faz ainda parte de si. É a Sofia.