Foi naquele dia

1101
Ilustração/Cartaz © Laura Almeida Azevedo
Ilustração/Cartaz © Laura Almeida Azevedo

Foi naquele dia que se cruzaram pela primeira vez. Ela usava um vestido branco que lhe invadiu o olhar. Mas foi nos olhos dela que ele se perdeu. Foi naquela imensidão azul que viveu aqueles instantes.

Ela não o viu. Sempre foi senhora de si e não tinha uma vida fácil. Naquele momento, a sua cabeça apenas pensava numa forma de pagar as contas, numa forma de ajudar os pais a sair do buraco onde viviam. Era tão nova e já tinha uma vida às costas, mas, apesar desse peso, ela desfilava, como se nada lhe sobrecarregasse a alma. É desta massa que são feitos uns vencedores, os campeões. Ela é uma campeã sem saber. E ele viu isso nela. Correu atrás dela. Agarrou-a pela mão. E ela, ela foi obrigada a encará-lo. Ia falar, ia perguntar o que é que ele queria. Mas não foi capaz de produzir qualquer som, porque foi naquele dia que dois corações explodiram em conjunto. Foi naquele dia que se fundiram um no outro. Foi naquele dia que se tornaram um.

Ela também se perdeu nos olhos dele. E sentiu esperança naquele olhar pintado de verde. Voltou a acreditar na vida. Na vida que carregava às costas. Sentiu o corpo preencher-se daquela massa. Ocupou cada mágoa, cada buraco deixado pela dor. As lacunas transformaram-se em reservas de fé.

Podiam não ser nada, podiam só ter cruzado aquele olhar, podiam estar separados um segundo depois, mas, naquele momento, a vida premiou-os, como sempre premeia os corajosos.

E eles, cheios de coragem, foram juntos, de mãos dadas, onde a vida os quis levar. Hoje, ainda nada se sabe sobre o paradeiro deles. Mas há quem diga que serão um do outro até morrerem.

Comments

comments

PARTILHAR
Artigo anteriorRenascer das cinzas
Próximo artigoO quarto de hotel
RAQUEL FERREIRA, a engenheira
É de uma aldeia perdida no norte do país e ambiciona ser mestre em Engenharia Civil. No percurso, apaixonou-se pelas palavras e escreve. Sobre tudo. Sobre nada. Ainda não é tudo o que quer ser, mas luta todos os dias por isso.