Avô, somos tão frágeis

Dia dos Avós / 26 de julho

1555

Este conteúdo está protegido com uma senha. Para o visualizar, por favor insira a sua senha abaixo:

Comments

comments

PARTILHAR
Artigo anteriorSer surfista nas ondas da vida
Próximo artigoAté logo…
LAURA ALMEIDA AZEVEDO, a desafiadora
37 anos. Uma dose saudável de loucura. Gosto por tudo o que é novo, diferente, ousado, criativo. Apaixonada por palavras, desenho e comunicação. Licenciada em Jornalismo. Designer gráfico, ilustradora e autora do livro e do blogue «Apetece(s)-me». Incapaz de viver sem a luz do sol, mas completamente rendida ao silêncio da madrugada. Viciada em música, chocolates e varandas. Fascinada por cidades, pessoas e emoções. Nunca diz que não a uma discussão construtiva: afinal, é a conversar que as pessoas se entendem. Em miúda, o seu jogo preferido era o Jogo da Verdade.