Batido de fígado granizado

Numa era gastronómica em que tudo é gourmet e detox

724
Fotografia © Sofia Félix | Design © Laura Almeida Azevedo
Fotografia © Sofia Félix | Design © Laura Almeida Azevedo

Numa era gastronómica, em que tudo é gourmet e o detox é que está a dar, deixo-vos mais uma receita:

Batido de fígado granizado

Ingredientes:

  • 1 porco médio
  • 2 lt de leite de ovelha (ou 1 ovelha sem ordenha)
  • 3 colheres de vinagre
  • 1 saco de gelo ou, em substituição, 1 mochila de gelo (tamanho médio)
  • folhas de hortelã
  • 2 maçãs maduras com marcas de quase podres
  • boa disposição
  • desejo de experimentar novos desafios

Modo de preparo:

Esquartejar o porco, cuidadosamente, com um x-acto de lâmina suave. Soltar as entranhas, lavando-as durante 35 minutos e 4 segundos. Passá-las por um coador e seleccionar o fígado. Ferver o fígado em leite de ovelha durante 1 segundo e meio. Adicionar vinagre e esmagar no almofariz. Colocar na liquidificadora a pasta esmagada, atirando um saco de gelo lá para dentro. Juntar 2 maçãs maduras (já com as marcas de quase podres) e deixar bater. Servir em copos bem gelados com folhinhas de hortelã.

Sugestões:

  1. Acredite que primeiro estranha-se, mas depois entranha-se.
  2. Saboreie cada gole do preparado como se do último se tratasse.
  3. Faz milagres em pessoas com ataques de riso constantes.
  4. Pode usar os ingredientes em sobra para outras receitas.

Comments

comments

PARTILHAR
Artigo anteriorQuero-te, mas não na minha cama
Próximo artigoO ciúme é fel
SOFIA FÉLIX, a desinstaladora
Chama-se Sofia. Sofia Félix. E, como diz, nasceu de um «felix encontro entre o óvulo da dona Idalina e o espermatozoide do sr. Marcolino, no tempo em que as tecnologias não tinham a expressão que têm hoje. Portanto, da forma mais tradicional.» Encontraram-se em abril de 1971 e «a produção dura em cartaz até aos dias de hoje». Os seus formandos tratam-na por «a desinstaladora», pela irreverência de estar sempre apta a pensar fora da caixa. Aqui, partilha-se a mesma opinião.