Os textos mais recentes  

Tempo interior (e as pessoas stressadas)

Cada vez mais me convenço que não vale a pena correr contra o tempo. Temos de aprender a lidar com as pessoas apressadas e stressadas de modo a que não invadam a nossa paz interior.

Querer quem sou não chega

Às vezes, a felicidade é tudo o que resta quando nada fica. A felicidade de ser tudo o que, um dia, o sonho traiu.

O poder do amor próprio!

É importante começar a diminuir o julgamento interno e a aumentar a bondade. Pois esta permite que nasça uma nova versão de nós, mais forte, mais livre e mais viva.

Hoje, vi a saudade na estrada

Quando me imagino como uma senhora idosa (sim, eu faço esse exercício!), nunca o faço imaginando-me parecida com as minhas avós.

Apaixonei-me por ti, outra vez

Neste último outono, decidimos visitar a capital. Sim, Lisboa. A Lisboa dos amantes. A Lisboa que tantas vezes nos acolhe quando queremos fugir do nosso rochedo.

«Amo-te»

Queria gritar o seu amor aos sete ventos. Queria dizer-lhe, alto e em bom som, que o amava. Mas as palavras não saíam.

  Textos vencedores dos desafios de escrita lançados por cá!  

Em 2018, vou dizer «amo-te»

Tenho dificuldade em dizer, olhos nos olhos, às pessoas que me são tão necessárias quanto o ar que respiro, o quanto as amo [...] E assumo que isso me traz, por vezes, menos bem-estar e felicidade do que gostaria.

 Lê os últimos textos na tua categoria preferida! 

  [Quase] Poesia  

Gostamos de escrever sobre o amor — sobre o que ele faz sentir. E fazêmo-lo de forma quase poética.

  Inspira-te aqui!  

Acreditamos na força das palavras. E queremos inspirar-te a ser uma pessoa [ainda] melhor e [ainda] mais feliz!

  Contos  

Adoramos criar histórias de amor, envolventes e comoventes, que te façam sorrir, chorar e suspirar por mais!

  Crónicas + Opiniões  

Aqui, partilhamos quem somos, o que sentimos, as nossas opiniões e as nossas causas — sem fição!

Às vezes, também nos aventuramos a ser repórteres, jornalistas
e a querer trazer um pouco de humor aos teus dias!

(Quase) Reportagens

Marrocos: um país de contrastes

Dia das despedidas. Dia da partida. Dia de assentar as ideias. Dia de reflectir sobre tudo o que se viveu durante a última semana. Uma semana intensa, cheia de novidades para os sentidos — em Marrocos.

Entrevistas

O avô ainda gosta da avó?

Eva, 78 anos, originária de uma família com dez irmãos. António, 82 anos, tinha quatro irmãs e um irmão. Estes são os meus avós paternos, que vamos em seguida conhecer um pouco melhor.

Humor

A engenharia do amor

Começa como? Não sabemos se é uma pancada na cabeça, ou uma seta no traseiro. Ou se foi um sorriso de menino desenhado a sonhos, ou um olhar profundo de homem marcado pelas vivências.