Os textos mais recentes  

Já chega, mãe natureza! Aprendemos a lição

Hoje, ao som da trovoada que ainda se faz sentir, depois do silêncio, apetece-me gritar: já chega! Apetece-me gritar à mãe natureza: «Já chega! Aprendemos a lição!»

Ele voltará um dia [talvez seja tarde]

Ele voltará um dia. Voltará para me dizer que eu não estava errada. Quererá mostrar-me tudo o que deixou de viver ao meu lado.

Tudo ou nada

Nada era tão pouco para tudo o que houvera sonhado. E a vida é demasiado valiosa para que os dias sejam feitos de nada.

Essas mãos

São essas, as mãos, que me conduzem até ti e que me levam pela vida ao teu lado.

Quanto tempo dura o teu sorriso?

Quanto tempo dura o teu sorriso? Semanas, dias, horas ou apenas o tempo de uma selfie?

O sonho que vive no meu coração…

Quando perdemos alguém, que muito amamos, a dor é tão tamanha que não deixa nunca de doer..

  Textos vencedores dos desafios de escrita lançados por cá!  

Joana começou a sentir que cometia uma traição

Joana ansiava por se encontrar com Vasco. Contudo, via crescer as suas incertezas, o seu medo. A sua vida não podia continuar assim! Onde estava a coragem de que necessitava?

 Lê os últimos textos na tua categoria preferida! 

  [Quase] Poesia  

Gostamos de escrever sobre o amor — sobre o que ele faz sentir. E fazêmo-lo de forma quase poética.

  Inspira-te aqui!  

Acreditamos na força das palavras. E queremos inspirar-te a ser uma pessoa [ainda] melhor e [ainda] mais feliz!

  Contos  

Adoramos criar histórias de amor, envolventes e comoventes, que te façam sorrir, chorar e suspirar por mais!

  Crónicas + Opiniões  

Aqui, partilhamos quem somos, o que sentimos, as nossas opiniões e as nossas causas — sem fição!

Às vezes, também nos aventuramos a ser repórteres, jornalistas
e a querer trazer um pouco de humor aos teus dias!

(Quase) Reportagens

Marrocos: um país de contrastes

Dia das despedidas. Dia da partida. Dia de assentar as ideias. Dia de reflectir sobre tudo o que se viveu durante a última semana. Uma semana intensa, cheia de novidades para os sentidos — em Marrocos.

Entrevistas

O avô ainda gosta da avó?

Eva, 78 anos, originária de uma família com dez irmãos. António, 82 anos, tinha quatro irmãs e um irmão. Estes são os meus avós paternos, que vamos em seguida conhecer um pouco melhor.

Humor

Vai um euromilhões?

Excelentíssimo Senhor, que em tudo mandas e desmandas (segundo consta por aí): Estive a fazer contas de deve e haver, e cheguei à conclusão de que temos umas contas para acertar.