Os textos mais recentes  

Está decidido! Deixei de esperar por ti.

Está decidido! Deixei de esperar por ti. Quando me quiseres, sabes onde me encontrar. Não mais te vou procurar.

É importante cada pessoa amar-se como é!

É importante termos consciência do nosso eu. Senão andaremos sempre ao sabor da corrente.

A soma dos anos

Infelizmente, o medo tem lugar cativo nos nossos corações. De uma forma ou de outra, tolda sempre os nossos passos.

Carta à minha alma gémea

Meu amor: Tenho esperado todos os dias por ti, mas as coordenadas do teu coração ainda não te colocaram na direção certa.

O abismo

Todos achavam que ela era feliz. Ela tinha tudo, diziam eles. Era uma fase, diziam. Logo iria passar. Mas não passou.

O coração ou a razão?

Mais uma manhã em que acordo quase sem ter dormido. Os olhos estão cansados, com umas olheiras enormes. Sinto os braços dormentes de tantas vezes que, durante a noite, me abracei.

  Textos vencedores dos desafios de escrita lançados por cá!  

O meu primeiro amor

O meu primeiro amor foi um amor que nada me prometeu. Mas também aquele que nada me negou. Tudo quanto lhe pedi ele fez. Nunca me falhou.

 Lê os últimos textos na tua categoria preferida! 

  [Quase] Poesia  

Gostamos de escrever sobre o amor — sobre o que ele faz sentir. E fazêmo-lo de forma quase poética.

  Inspira-te aqui!  

Acreditamos na força das palavras. E queremos inspirar-te a ser uma pessoa [ainda] melhor e [ainda] mais feliz!

  Contos  

Adoramos criar histórias de amor, envolventes e comoventes, que te façam sorrir, chorar e suspirar por mais!

  Crónicas + Opiniões  

Aqui, partilhamos quem somos, o que sentimos, as nossas opiniões e as nossas causas — sem fição!

Às vezes, também nos aventuramos a ser repórteres, jornalistas
e a querer trazer um pouco de humor aos teus dias!

(Quase) Reportagens

Marrocos: um país de contrastes

Dia das despedidas. Dia da partida. Dia de assentar as ideias. Dia de reflectir sobre tudo o que se viveu durante a última semana. Uma semana intensa, cheia de novidades para os sentidos — em Marrocos.

Entrevistas

O avô ainda gosta da avó?

Eva, 78 anos, originária de uma família com dez irmãos. António, 82 anos, tinha quatro irmãs e um irmão. Estes são os meus avós paternos, que vamos em seguida conhecer um pouco melhor.

Humor

Vai um euromilhões?

Excelentíssimo Senhor, que em tudo mandas e desmandas (segundo consta por aí): Estive a fazer contas de deve e haver, e cheguei à conclusão de que temos umas contas para acertar.